BlogdoAlaides.com.br

Mês: maio 2019 Page 1 of 4

“Não vou resolver na raça”, disse o presidente Bolsonaro, em entrevista exclusiva à Veja

Bolsonaro fala dos erros e dos acertos do governo, de Fabrício Queiroz, de Olavo de Carvalho, de Lula e do dia em que teve o encontro com a morte

A entrevista com Jair Bolsonaro estava marcada para as 10 horas de quarta-feira. Às 10h15, um ajudante de ordens indicou o caminho do gabinete, que fica no 3º andar do Palácio do Planalto. O presidente explicou o motivo do atraso: meia ­hora antes, ele decidira ir ao Congresso Nacional prestigiar uma homenagem que estava sendo feita ao comediante Carlos Alberto de Nóbrega, apresentador do programa A Praça É Nossa, de quem se diz fã. O problema é que ele não avisou ninguém com antecedência. Assessores, cerimonial, equipe de segurança — todos foram apanhados de surpresa. Acompanhado do general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional, o presidente atravessou a pé os cerca de 100 metros que separam o Planalto do Congresso. De volta, fez piada com a suposta dificuldade de Heleno, de 71 anos, em completar o trajeto. “Ele está meio empenado, mas me garantiu que o problema é apenas da cintura para cima”, disse, rindo. Formalidade não é a principal virtude do presidente.

Ler mais

Bolsonaro e Macri querem retomar projetos de barragens no Rio Uruguai

Licenciamento ambiental da barragem Panambi foi suspenso pela Justiça. (Foto: Reprodução/MP-RS)

Grasiele Berticelli – MAB-RS

No dia 21 de maio, aconteceu em Brasília, a portas fechadas, uma reunião no Ministério de Minas e Energia para discutir a construção de novas barragens no Rio Grande do Sul, como o complexo hidrelétrico binacional Garabi-Panambi e a barragem de Iraí, ambas no rio Uruguai. A reunião foi articulada pelo senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS) e contou com a presença da Eletrobras, Agência Nacional de Energia Elétrica e representantes da Associação dos Municípios da Grande Santa Rosa-RS.

Ler mais

Agrotóxicos podem ser a causa de casos de câncer e malformação?

Por Luana Rocha, Agência Pública/Repórter Brasil

Essa é a pergunta estudada por pesquisadores do Brasil e do mundo. Casos no Mato Grosso, maior consumidor de agrotóxicos do país, chamam a atenção pela alta incidência de doenças nas regiões de maior produção agrícola

O menino Kalebi Luenzo tinha pouco mais de dois anos quando, de repente, começou a andar com dificuldade. Preocupada, Elisângela, sua mãe, levou a criança ao médico: ele tinha leucemia. Kalebi cresceu próximo a uma plantação de algodão, em Lucas do Rio Verde, conhecida no Mato Grosso como capital da agroindústria.

A força do agronegócio no estado seria um dos motivos para a falta de políticas de atenção às vítimas dos agrotóxicos, aponta ex-coordenadora do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador em Sinop. Foto: Lunaé Parracho/Agência Pública/Repórter Brasil

 

O mecânico de tratores Antonio Correa mudou-se para Tangará da Serra em busca de oportunidade de emprego no crescente setor agropecuário mato-grossense. Depois de dois anos trabalhando em fazendas de soja, teve sua primeira filha, Emanuelly, que nasceu com espinha bífida – tipo de malformação congênita que provoca problemas motores e compromete o funcionamento da bexiga e do intestino.

Ler mais

Luciana Genro protocola PEC para extinção da Justiça Militar do RS

Luciana Genro protocolou um projeto ao lado de Pedro Ruas | Foto: Divulgação

Da Redação

A deputada estadual Luciana Genro (PSOL) protocolou nesta quinta-feira (30) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que extingue a Justiça Militar do Rio Grande do Sul, incluindo o Tribunal Militar e os Conselhos de Justiça Militar. O argumento da deputada é que esse ramo da Justiça custa R$ 44 milhões ao ano, recursos que poderiam ser melhor aplicados em outras áreas.

Ler mais

Mandatos dos atuais prefeitos e vereadores podem ser prorrogados até 2022, e ser dado fim às reeleições

Em silêncio

Sem muito alarde, avançou na Câmara Federal a proposta de emenda à Constituição que aumenta os mandatos dos senadores, deputados e vereadores e acaba com a reeleição para cargos do Executivo em todo o país. No final de abril, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da casa, Felipe Francischini, do PSL, designou o deputado Valtenir Pereira, do MDB, para relatar a PEC. O parecer já foi apresentado no dia 6 de maio. No relatório, o emedebista defende a admissibilidade da proposta, que acaba com a reeleição e aumenta de oito para dez anos o mandato de senador, e para cinco anos o de deputados, vereadores, prefeitos, governadores e presidente. Gostando da ideia, vereadores e prefeitos de todo o Brasil agora pressionam o presidente da CCJ a pautar a PEC. Se aprovada, eles terão mais dois anos de mandato. Só que à revelia do eleitor que os elegeu por quatro anos, e não para seis.

 Prorrogação de mandatos…

Ler mais

Precisamos falar de estupro

Os assuntos mais polêmicos são os que mais precisam ser conversados, debatidos.  Quanto mais se fala, mais se esclarece. Estupro é problema gravíssimo. Afeta drasticamente tanto a vítima como quem convive com a pessoa molestada. Tem que haver combate efetivo a essa barbárie. É de conhecimento público que o problema da violência contra a mulher se faz presente de forma cotidiana. É também de conhecimento público que o crime de estupro é um ato de alta reprovabilidade, sendo tipificado inclusive como crime hediondo. Embora haja pessoas do sexo masculino que são vítimas desse tipo de crime, na esmagadora maioria dos casos, são mulheres as vítimas. Há, ainda, uma terceira característica que envolve as particularidades de um crime de estupro: ele não acontece, como sugere o imaginário popular, em uma região obscura de via pública, com um maníaco desconhecido apontando uma arma de fogo contra a vítima e obrigando-a ao ato sexual. Na realidade, dados estatísticos evidenciam que a grande maioria dos crimes de estupro são praticados por pessoas do círculo pessoal da vítima, principalmente pais e padrastos.

Ler mais

Salário dos diretores do Banrisul, é um deboche, …

É um acinte…

O governador Eduardo Leite, sem cerimônia alguma, ignorando a penúria salarial dos servidores públicos do Rio Grande, uns pelo miserável salário que recebem, outros pelo atraso de quase um mês como ocorre nos últimos anos, mas tentando enganar e dar uma de sensato, “determinou a que o reajuste do salário do presidente e dos diretores do Banrisul seja limitado à metade do previsto pelo comitê de elegibilidade e remuneração, estabelecendo que o salário do presidente do Banco do Rio Grande do Sul passe dos R$ 51 mil atuais para R$ 89 mil, e não os R$ 128 mil propostos pelo comitê; e os diretores, que hoje ganham R$ 40 mil iriam para R$ 104 mil, mas ficarão em R$ 72 mil”. Julgamos ser razoável para que o banco tenha condições de competir com os talentos do mercado e atrair bons talentos, se justificou o governador. Ora, essa elevação exorbitante e fora de contexto, do salário dos Diretores do Banrisul é um acinte, uma humilhação aos demais servidores do estado. O governo e os demais acionistas deveriam era reagir, e jamais aceitar pagar estes salários de marajás

Ler mais

Santo Augusto 60 anos – Servidores pioneiros do Poder Judiciário em Santo Augusto

Pioneiros do Poder Judiciário em Santo Augusto

Primeira Escrivã Judicial titular concursada:

 – Sônia Weirich Machado – Ainda muito jovem, Sônia Weyrich, que era escrevente no Fórum de Panambi, sua cidade natal, prestou concurso público no Poder Judiciário para o cargo de Escrivã Judicial. Aprovada e classificada, no dia 22.12.1965, Sônia prestou compromisso e assumiu no Cartório Judicial do Fórum da Comarca não instalada de Santo Augusto, onde, passou a ser responsável pelo cartório cível e crime.

Ler mais

Santo Augusto 60 anos – Servidores pioneiros – remanescentes

Santo Augusto comemora o sexagenário

 

Antigo prédio (próprio), desativado, onde foi instalada a Prefeitura, há 60 anos

 Remanescentes da primeira administração (1959) e o pioneirismo no município

 “Negar que estes homens e mulheres deixaram encravado neste solo santoaugustense a sua marca, seria um equívoco. Reconhecer os seus feitos é sim, uma forma justa de imortalizar suas contribuições para o desenvolvimento da cidade pérola”.

Imagina quanta história tem para contar quem chegou em Santo Augusto até a segunda metade da década de 50 e acompanhou de perto todas as mudanças e evoluções pelas quais a cidade passou. Esses pioneiros foram os precursores, os que aqui estiveram juntamente com a aguerrida comunidade ordeira, trabalhadora e com visão de futuro, e deram os primeiros passos abrindo caminho para o município chegar aonde está hoje, uma cidade próspera, comércio e agricultura pujantes, educação fluindo até além das expectativas, um lugar bom de se viver.

Com o objetivo de reconhecer e valorizar personagens importantes que ajudaram a construir a história de Santo Augusto, que ainda vivem, e alguns até convivem conosco na comunidade, o jornal O Celeiro/Atualidades buscou relembrar seus feitos em prol do município, com destaque por função que cada um exerceu desde 1959.

Ler mais

Santo Augusto 60 anos – Pioneiros da comunicação: jornal impresso e rádio

Pioneiro do jornalismo impresso em Santo Augusto, Selito Antônio Schmitt dá seu depoimento

Visita do governador Euclides Triches a Santo Augusto, início dos anos 70, sendo cumprimentado pelo prefeito Alecrides Sant’Anna de Moraes. Selito (falando ao microfone) fez a cobertura.

O jornal impresso pioneiro e genuinamente santoaugustense, é o jornal Atualidades, fundado em 14 de abril de 1976, pelo jornalista Claude Nahor Wondracek. Depois de passar por diferentes proprietários, como o médico Naldo Wiegert, o jornalista Roque Planalto Ferreira e os empresários e irmãos Pedro Valmor Marodin e José Cícero Marodin, em 1980 foi adquirido por Selito Antônio Schmitt, Cláudio Ugulini e Evaldino José Schmitt. A partir de 1984, Selito e sua esposa Rosa passaram a ser os únicos donos e dirigentes do jornal.

Ler mais

Page 1 of 4

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén