BlogdoAlaides.com.br

Mês: janeiro 2021 Page 1 of 3

Fome no RS é maior nas regiões de grandes latifúndios, diz pesquisadora da UFRGS

A crise econômica e o desmanche de políticas públicas de segurança alimentar e nutricional levaram o Brasil de volta ao Mapa da Fome. Foto: Guilherme Santos/Sul21

A volta da fome no Brasil, que antes da pandemia já afetava cerca de 15 milhões de brasileiros e, a partir desse ano, pode se agravar ainda mais, não é uma realidade distante do Rio Grande do Sul. Ainda que durante décadas a fome tenha sido um tema normalmente associado à região Nordeste do País e o bioma seco da caatinga, essa chaga da sociedade também está presente no solo gaúcho. E mais do que muitos imaginam.  

Ler mais

Deputado apresenta projeto para mudar trecho considerado racista do hino do RS

Projeto de Mainardi é inspirado em proposta apresentada pela vereadora Laura Sito, em 2017. (Foto: Lucas Leffa/Divulgação)

O deputado estadual Luiz Fernando Mainardi (PT) protocolará um projeto de lei na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul para alterar o trecho considerado racista pelo movimento social negro do estado. Segundo o parlamentar, o projeto já está pronto e deve ser protocolado no início de fevereiro. Na nova versão, a única alteração é no verso “povo que não tem virtude acaba por ser escravo”, que passaria a ser “povo que não tem virtude acaba por escravizar”.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Diversas

A coluna prenunciou…

Em janeiro de 2019 um grupo de cerca de 20 empresários de Santo Augusto, disposto a quebrar o tradicional jeito de governar o município, no pertinente a gestão pública, passou a discutir a possibilidade de a classe empresarial lançar candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores nas eleições de 2020. Na edição do dia 25 daquele mês e ano, a coluna prenunciou a candidatura da então presidente da Associação Comercial e Industrial (ACISA), empresária Lilian Fontoura Depiere para prefeita. O prenúncio se confirmou. A partir de então, Lilian que na época nem era filiada à partido político, embora sua descendência familiar seja de Progressistas, passou a ter o nome cogitado positivamente no meio empresarial e nas redes sociais. Em 2020, no mês de março, Lilian bateu o martelo, decidida, disse que era pré-candidata a prefeita pelo PP. A pretensão, no entanto, desagradou setores da sigla que preferiam manter o então vice-prefeito na chapa à reeleição Naldo/Marcelo. Entre uma negociação e outra, os quatro partidos da coligação acabaram se dividindo, DEM e PSDB para um lado e MDB e PP para outro. Lilian, que não tinha obtido o deferimento de seu pedido de filiação ao PP, deu uma guinada e, no expirar do prazo para filiação partidária, filiou-se ao DEM, com o firme propósito de concorrer a prefeita. Consolidado. Lilian foi eleita a primeira mulher prefeita do município. Que os sonhos de gestão também se realizem.

Ler mais

A polêmica do hino Rio-Grandense

Ao se recusarem a permanecer em pé e a cantar o hino, vereadores da bancada negra da Câmara de Porto Alegre provocaram debate que vai além dos versos.

Já fazia pelo menos dez anos que Matheus Gomes tinha a mesma postura sempre que o Hino Rio-Grandense era executado em eventos ou cerimônias oficiais. Como outros gaúchos negros, ele silenciava, principalmente devido aos dois últimos versos da quarta estrofe: “Povo que não tem virtude / Acaba por ser escravo”. Mas no dia 1º de janeiro de 2021, tomando posse como vereador de Porto Alegre pelo PSol, quando repetiu o gesto ao lado das outras quatro integrantes da maior bancada negra da história da Câmara, o manifesto tomou outra proporção.

Ler mais

Há racismo no Hino Rio-grandense? Especialistas discutem

Discussão veio à tona após parlamentares negros na Câmara de Porto Alegre citarem o trecho “povo que não tem virtude acaba por ser escravo” como discriminatório. Pesquisadores se dividem na interpretação.

Karen Santos (PSOL), Bruna Rodrigues (PCdoB), Daiana Santos (PCdoB), Laura Sito (PT) e Matheus Gomes (PSOL) na CâmaraMarco Favero / Agencia RBS

Insuflada pelo protesto de parlamentares negros na cerimônia de posse de vereadores na Câmara Municipal de Porto Alegre, no primeiro dia de 2021, a discussão sobre o Hino Rio-grandense ter ou não um trecho de cunho racista divide pesquisadores.

Ler mais

Estado edita decreto que possibilita pagamento de débitos do veículo no local da blitz

Norma beneficia, em especial, motoristas com dívidas de DPVAT do exercício de 2020 e evita que o veículo seja guinchado.

- - Foto: Divulgação / EPTC / Arquivo

Em decreto expedido nesta sexta-feira (22/1), o governo do Estado regulamentou o programa Veículo Legal, que possibilita aos motoristas a quitação de débitos do veículo na própria abordagem em uma blitz. Conforme a medida, assinada pelo governador em exercício Ranolfo Vieira Júnior, o pagamento no local evita que o veículo seja guinchado, poupando o proprietário de custos de remoção, diárias em depósito e o desconforto de ter seu carro apreendido. A norma beneficia, em especial, motoristas com débito do Dpvat do exercício de 2020, que em muitos casos ficou pendente após a resolução de impasse sobre sua cobrança.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Por que eu escrevo – Avaliação ruim do presidente Bolsonaro – Moro no 2º turno – Saída da Ford e o desemprego – Escola Pública de Trânsito – As pessoas e o espaço público

Por que eu escrevo

Nestes tempos de modernismo, guiado pela internet e pelas facilidades que ela nos traz, escrever textos e ler se tornou algo mais escasso. Minhas crônicas vêm a calhar essa realidade moderna, são tópicos curtos, assuntos diversificados, numa linguagem acessível ao perfil do nosso leitor regional. A vivência de dezenas de anos na atividade profissional (segurança pública) me ensinou a ouvir e interpretar o que ouço, a ler e interpretar o que leio, a ser objetivo e coerente com os fatos, a não ser diferente das pessoas e da comunidade no cotidiano. Levei esse ensinamento que a experiência me deu para as minhas escritas da coluna semanal aqui no jornal. Aliás, não há nada melhor do que perceber que um simples pensamento, uma simples opinião ou uma simples informação, foi lido por dezenas, centenas e até mesmo milhares de pessoas. Não me interessa se concordaram ou discordaram; se acharam a maior asneira do mundo; ou se leram e pensaram: “que burro, dá zero pra ele”. O que me importa é fazer com que minhas escritas alcancem o máximo de pessoas possível, as quais, querendo ou não, absorvem um pouco de mim, do que sou, do que eu penso.

Ler mais

Calcule qual será seu lugar na fila da vacinação no Brasil

Clique na imagem e confira o especialJonatan Sarmento / Agência RBS

A vacinação emergencial contra o conronavírus começou no Brasil no último domingo (17). A prioridade para receber as doses é dos profissionais da saúde que atuam no atendimento de pacientes, idosos que vivem em lares de longa permanência ou acima dos 75 anos.

 

Ler mais

Sobe a 40% a avaliação ‘ruim ou péssimo’ do governo Bolsonaro, diz pesquisa

A parcela da população que reprova o governo de Jair Bolsonaro aumentou pela primeira vez desde março de 2020, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira, 18, pela XP Investimentos em parceria com o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe). O levantamento de janeiro aponta que subiu de 35% para 40% a fatia que considera a gestão como ‘ruim ou péssima’. O porcentual é semelhante ao do início da pandemia do novo coronavírus no País, em abril de 2020.

Ler mais

Saída da Ford do Brasil representa perda de mais de 118 mil postos de trabalho, estima Dieese

Impacto é projetado sobre trabalhos diretos, indiretos e induzidos após 5 mil demissões anunciadas pela montadora.

Empresa decidiu deixar o Brasil neste ano 

opção da Ford de encerrar suas atividades no Brasil deve representar uma perda potencial de 118.864 postos de trabalho, somando diretos, indiretos e induzidos, segundo cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As 5 mil demissões anunciadas pela montadora também podem causar um impacto de menos R$ 2,5 bilhões/ano no potencial de massa salarial do país. O levantamento estima que a arrecadação de tributos e contribuições será outro indicador afetado no valor de R$ 3 bilhões/ano.

Ler mais

Page 1 of 3

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén