BlogdoAlaides.com.br

CRÔNICAS CURTAS – Prefeitos reeleitos e prefeitos que tentaram e saíram derrotados na Região Celeiro e possíveis razões; e, outros tópicos

Por que não foi reeleito?

Em primeiro lugar deve-se salientar que prefeito é eleito para melhorar a vida da população e não para se reeleger. O foco de qualquer prefeito, olhando pela lógica, deveria ser a melhoria das condições de vida do cidadão, preocupando-se sempre em deixar a cidade melhor. Se isso acontece e é colocado em prática desde o primeiro ano de governo, a reeleição será uma consequência natural e será atingida sem muito esforço. Para isso, é imprescindível que o prefeito conheça a opinião da população e suas necessidades, aí fica mais fácil e eficiente para a administração promover a melhoria das condições de vida, além de permitir a criação de indicadores de satisfação e a melhoria dos índices de popularidade. Ao atingir esse nível, os grupos políticos procurarão estar ao seu lado, facilitando então a reeleição. Quando o prefeito coloca sua atenção na reeleição e em manter o seu “grupo” unido em torno de si, ele acaba atendendo às necessidades desse “grupo” ficando distante de quem realmente manda na eleição: o cidadão comum e que depende diretamente das ações do poder público. O eleitor mudou e vem mudando cada vez mais, as informações são disseminadas em velocidade impressionante e hoje ele está muito mais atento e crítico em relação às ações realizadas pelos gestores públicos. Portanto, mais do que nunca, o foco deve ser a satisfação do cidadão e melhoria da qualidade de vida. Não só no último ano, mas desde o início, ou seja, o prefeito é eleito para administrar por quatro anos e não um.

Ler mais

Mutirão de acolhimento percorrerá cidades nos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher

Público pode tirar dúvidas nas unidades móveis de diferentes instituições que ficaram estacionadas no Centro da capital - Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

O Largo Glênio Peres, no Centro de Porto Alegre, foi o local de um mutirão para acolhimento a centenas de mulheres entre a manhã e a tarde desta quarta-feira (25/11). A ação deu início às atividades programadas pelo Comitê Interinstitucional de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher para os 16 dias de ativismo e conscientização por respeito e igualdade, bem como para prevenção e combate a abusos e agressões ao público feminino.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Primeira prefeita mulher – Câmara renovada – Inconformismo selvagem – Deselegância do presidente da Câmara

Primeira prefeita mulher

Nossa democracia só existirá de fato se as mulheres estiverem mais representadas no cenário político tornando nossa sociedade mais igualitária, justa e inclusiva. Este é o meu ponto de vista, embora reconheça que ainda há homens (machistas) que rechaçam essa ideia. Associado a isso está a falta de ousadia à maioria das mulheres. Mas temos que ser realistas, a participação da mulher na política é fundamental. As mulheres devem ser chamadas a ocupar cargos nos partidos, cargos de secretariado de governo para oportunizá-las a demonstrar seu potencial, e cargos de chefia para que elas possam desenvolver sua capacidade política. Enfim, a participação das mulheres é indispensável à construção da democracia e da cidadania, sensibilizando e estabelecendo compromissos na gestão pública. Em Santo Augusto, Lilian Fontoura Depiere foi eleita no último domingo(15) a primeira prefeita mulher do município. Lilian demonstra maturidade política, ousadia, personalidade para expor seus pontos de vista com tolerância e respeito, além de objetiva e prática, e assim, parece preparada, efetivamente, para liderar e desempenhar o cargo. Tem a seu lado um vice qualificado, de reconhecida boa índole e capacidade. Se acertar na escolha de bons secretários e diretores comprometidos com a função pública, estará iniciando o caminho do sucesso. Aliás, em entrevistas após eleita ela ressaltou com clareza que a indicação política feita pelos partidos, não dispensará, jamais, o critério técnico, haja vista que se precisa de pessoas preparadas e capacitadas para exercer cargo público.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Votar e fiscalizar – Coerência e comprometimento – Coronel Bicaco diz não ao nepotismo

Brigada Militar em ação

                                                                                                                                                         Neste domingo (15), teremos eleições municipais e a Brigada Militar está atuante, com medidas preventivas e reforço no policiamento durante estes dias que antecedem as eleições e principalmente no dia do pleito, com o objetivo de coibir eventuais crimes, inclusive eleitorais. O 7º Batalhão da Polícia Militar (7º BPM), sediado em Três Passos, com abrangência em todos os 21 municípios da Região Celeiro, iniciou há duas semanas a Operação Eleições. Para tanto, o Batalhão recebeu reforço policial das Forças Táticas dos municípios de Santa Rosa e de Frederico Westphalen. Os policiais militares atuarão no reforço ao policiamento durante o período eleitoral para garantir a segurança da população. A Brigada Militar está empregando todo recurso humano disponível, efetivos de inteligência policial, operações especiais, efetivos orgânicos e do estado maior. Neste pleito, a Brigada Militar conta com a utilização de drones para uma melhor fiscalização e aplicação do efetivo no terreno.

Ler mais

MINISTÉRIO PÚBLICO AJUÍZA AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL ACERCA DE ABUSO DE PODER POLÍTICO EM INHACORÁ

O Ministério Público do Rio Grande do Sul ajuizou, em 28 de outubro, na 107ª Zona Eleitoral, uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) referente a abuso de poder político no município de Inhacorá, nas eleições em curso. O objetivo é apurar os fatos e buscar a responsabilização dos autores dos atos abusivos. Após o cumprimento de mandados de busca e apreensão de documentos e análise de diligências requeridas pelo MP, o sigilo provisório do expediente foi levantado nesta quarta-feira, 04 de novembro – não há, de regra, segredo de justiça em AIJE, visto que se trata de matéria de notório interesse público.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Propostas de Governo – Autoelogio – Candidatos e suas gabolices

Propostas de governo

Faltando pouco mais de uma semana para as eleições, visando auxiliar o leitor/eleitor a avaliar e a saber o que esperar para os próximos quatro anos, bem como saber o que cobrar do(a) futuro(a) prefeito(a), transcrevo aqui as “propostas” dos três postulantes à chefia do Poder Executivo de Santo Augusto, para os segmentos Obras (infraestrutura urbana e rural) e Desenvolvimento e Crescimento Econômico. O candidato Naldo elencou para Obras, 7 itens na infraestrutura urbana, e 6 itens na infraestrutura rural; para o Desenvolvimento/Crescimento Econômico, 14 itens. A candidata Lilian elencou para Obras (infraestrutura municipal), 13 itens; para o Desenvolvimento Econômico, 17 itens. A candidata Nice elencou para Obras (infraestrutura municipal), 6 itens; para o Desenvolvimento Econômico, 8 itens. Eis as propostas, extraídas do site do TSE:

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Eleições em Santo Augusto ainda é uma incógnita – Prefeito Vettorato é inocentado

Ainda é uma incógnita

A campanha eleitoral deste ano, sem graça, sem ânimo e sem empolgação, destoa das anteriores, tendo como principal culpado a pandemia, embora não se possa descartar a descrença da população para com os políticos, o que também desmotiva bastante. Em Santo Augusto a campanha está polarizada entre os candidatos RUMO CERTO (Naldo e Marcelo) e UNIDOS PARA INOVAR (Lilian e Vanderlei). Naldo tem a seu favor a máquina pública, eis que concorre à reeleição. Em contrapartida tem contra si o fato de ter deixado o município paralisado por quase três anos, deixando para fazer alguma coisa a partir do final do terceiro ano de mandato, além de ter sido um prefeito ausente da prefeitura; ter ignorado os vereadores, muitas promessas não cumpridas, serviços de má qualidade, enfim. Lilian não apresenta desgaste político, eis que nunca ocupou cargo político eletivo. Tem a seu favor a proposta de inovação, de novo jeito de gerir a coisa pública, de acabar com mesmice. Porém, tem contra si a inexperiência na gestão pública. Mas, apesar da polarização, não se pode esquecer que tem uma terceira candidatura, a do PT (Eunice e Diovan) que, pelo que se observa, vem crescendo e não deve ser subestimada. Aliás, esse possível crescimento do PT é de deixar os outros candidatos com a pulga atrás da orelha, uma vez que representa tirar votos de Lilian e também de Naldo. Afinal, quem duvida que o eleitor, há muito desiludido, decida por uma experiência inédita no município, elegendo uma prefeita do PT. Enfim, por aqui ainda está muito nebuloso, não dá pra prever nada. É uma incógnita.

Ler mais

Clientes do Banrisul poderão acessar digitalmente plataforma de serviços estaduais e federais

Coutinho, presidente do Banrisul; Monteiro, secretário de Governo Digital; Stoffel, diretor-geral do EDP; e o secretário Gastal - Foto: Reprodução

Clientes do Banrisul poderão acessar os serviços públicos digitais pelos portais rs.gov.br e gov.br, a partir da conexão das plataformas dos governos estadual e federal com o banco, permitindo a autenticação de cidadãos cadastrados na instituição financeira. O acesso ao portal gov.br é disponibilizado por meio do Acordo de Cooperação Técnica entre a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, ao qual o Banrisul formalizou a adesão.

Ler mais

Estado e sociedade integrados pela Segurança

POR RANOLFO VIEIRA JÚNIOR

Um ano depois de tirarmos do papel o Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública (Piseg), o resultado alcançado materializa as premissas de nossa política de governo para a área, uma em especial: a integração. Com o trabalho técnico da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e da Secretaria da Fazenda, aliado à consciência colaborativa do empresariado, alcançamos R$ 9,7 milhões em arrecadação direcionada para aprimorar o trabalho dos homens e mulheres dedicados à missão de proteger os gaúchos.

Ler mais

O Rio Grande do Sul tem 14 novas leis estaduais em diferentes setores de atividades

A edição desta quinta-feira (5) do Diário oficial do Rio Grande do Sul publicou 14 novas leis estaduais, sendo uma delas de autoria do Executivo e as demais do Legislativo. Sancionados pelo governador Eduardo Leite na véspera, em sessão realizada por meio de videoconferência com deputados, os projetos aprovados contemplam diversos setores, como economia, educação e cultura.

Ler mais

Page 1 of 226

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén