BlogdoAlaides.com.br

CRÔNICAS CURTAS – Pandemia x intolerância – O que dizem especialistas – Prefeito pratica intolerância – Politicamente correto – Desconstrução social – “Ótimo Parlamentar”

Pandemia x intolerância

Nesta segunda-feira (22), lendo a notícia sobre o ataque a facadas que o prefeito de Palmitinho sofreu dentro da Prefeitura, em pleno gabinete de despachos, desferidas por uma munícipe ensandecida e violenta, lembrei do que me disse um interlocutor há alguns meses: Notaste que com essa pandemia do coronavírus as pessoas estão ficando mais intolerantes? Revidam agressivamente e com violência a qualquer contrariedade ou com coisas que as desagradam. Tenho observado isso com frequência na rua, no comércio e até nos locais de lazer, disse-me ele. Sempre existiu intolerantes, claro, mas depois que começou a pandemia está muito mais acentuada, comentou. Ouvindo o comentário, passei a observar e ler sobre estudos de especialistas no assunto. E não é que o meu interlocutor estava certo? A pandemia, de fato, aguçou a intolerância. Pode-se dizer que a intolerância está sendo a porta de entrada para a maioria dos conflitos, inclusive os domésticos, que resultam na violência contra mulher.

Ler mais

Hospital Bom Pastor, em gesto de gratidão, acolhe solenemente ao deputado Jerônimo Goergen

R$ 1,5 milhão para custeio do hospital (200 mil – complementação do tomógrafo, 300 mil para 13º salário, 1 milhão para construção urgência/emergência e centro de imagem)

Presidente Davi Ceolin (ao microfone), agradecendo ao deputado Jerônimo Goergen pela indicação da Emenda Parlamentar de R$ 1,5 milhão, ladeados por demais membros da diretoria do Hospital, pela prefeita e por vereadores

Sob a coordenação da diretora administrativa, Marilei Andrighetto, a Associação Hospitalar Bom Pastor realizou, na manhã de sábado (13), um ato solene de acolhida do deputado Jerônimo Goergen, num gesto de gratidão por tudo que o parlamentar tem auxiliado a instituição. Preliminarmente, o presidente da Associação Hospitalar, senhor Davi Ceolin, saudou e deu as boas-vindas aos vereadores e à prefeita Lilian, que têm sido grandes parceiros da instituição, aos colaboradores, aos médicos, à direção e demais membros da diretoria, e ao deputado Jerônimo Goergen em especial, a quem definiu como o grande “parceirão” do hospital Bom Pastor, dizendo da alegria do hospital em acolhê-lo naquele momento, e agradecer pelos recursos destinados.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Caso boate Kiss vai a julgamento – O reencontro com a tragédia – O preço da negligência – Cadê a Liberdade Econômica? – Ouso avaliar – Promessa é dívida

Caso boate Kiss, vai a julgamento

Oito anos depois, finalmente, no próximo dia 1º de dezembro inicia o julgamento dos réus da boate Kiss. O Rio Grande do Sul terá um encontro definitivo com um dos episódios mais dolorosos e traumáticos da sua história. Os quatro réus responsáveis pelo incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, irão a julgamento pelo tribunal do júri, em Porto Alegre, em sessão que, segundo previsões, deve se estender por cerca de duas semanas. O tempo de debates no júri, a complexibilidade do caso, o número de vítimas e a carga emocional devem transformar o julgamento no mais longo e emblemático da Justiça gaúcha. Os sócios da Kiss, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, o músico Marcelo de Jesus dos Santos e o produtor de palco Luciano Bonilha Leão respondem por mais de duas centenas de homicídios simples e mais de seis centenas de tentativas de homicídios. Eles são acusados pelo Ministério Público de terem agido com dolo eventual (quando se assume o risco de matar) pela morte de 242 pessoas na madrugada de 27 de janeiro de 2013. Os quatro ainda respondem por 636 tentativas de homicídio, “cujas vítimas são os sobreviventes da tragédia”, que resultaram gravemente feridos e queimados. O julgamento ocorrerá no plenário do 2º andar do Foro Central I, em Porto Alegre.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Pré-candidatos ao Piratini – Pré-candidatos a deputado – Comunidade aflita e com medo – Vejam a dimensão do problema – Auxílio Brasil

Pré-candidatos ao Piratini

Alguns partidos já bateram o martelo e definiram as suas pré-candidaturas ao governo do Rio Grande do Sul com vistas às eleições de 2022. O PSB irá com o ex-deputado Beto Albuquerque; o PT, fechou com o nome do deputado estadual Edgar Pretto; O PDT, certamente terá candidato próprio vez que precisa formar palanque ao presidenciável Ciro Gomes, cujo nome posto em evidência é Romildo Bolzan, presidente do Grêmio; o PP já definiu há alguns meses que seu candidato será o senador Luiz Carlos Heinze; no PSOL o pré-candidato é o vereador de Porto Alegre, Pedro Ruas. Embora ainda sem definição final, outros partidos de expressão como, o MDB – deverá escolher através de uma prévia a realizar-se no mês que vem, entre o ex-governador José Ivo Sartori e o deputado federal Alceu Moreira; o PSDB – acena com o nome do vice-governador e Secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior; o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni (DEM – União Brasil, após fusão com PSL) se proclama pré-candidato ao Piratini e anuncia como irreversível sua candidatura.

Ler mais

Quais presidenciáveis têm a simpatia do “mercado” e do setor produtivo

O cortejo dos presidenciáveis a banqueiros, investidores e empresários começou. De olho em apoios, pré-candidatos à Presidência nas eleições de 2022 buscam e mantêm contatos com atores expressivos do mercado financeiro e do setor produtivo (agronegócio, indústria, comércio e serviços). Mas o empresariado e o setor financeiro ainda estão longe de definir qual será o seu candidato – se é que darão apoio de forma pública.

Ler mais

5G deve começar no RS em 2022, mas restrição de antenas pode ser entrave

Avanço da tecnologia de quinta geração depende de maior infraestrutura

Segundo cronograma da Anatel, a internet móvel de quinta geração chegará, primeiro, nas 26 capitais de país e no Distrito Federal

O Brasil deu o primeiro passo para a implementação da internet 5G com o leilão das faixas de frequência realizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Definidas as operadoras que vão realizar o serviço, o passo seguinte é o investimento e a instalação de infraestrutura necessária, como ampliação do número de antenas, para que a tecnologia esteja disponível.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Violência doméstica contra a mulher – Principais causas – CNJ orienta medidas coibitivas – Rachadinhas são velhas conhecidas – Jerônimo prestigiado no MT e na Bahia – Moro pré-candidato – MST retoma invasões

Violência doméstica

Não há como se fugir do assunto “violência doméstica”. Todos os dias, infelizmente, muitas pessoas sofrem com esse tipo de agressão em todos os recantos do nosso país. E não atinge somente mulheres, embora elas sejam as vítimas mais comuns desses atos de violência, e também não é praticada somente por homens, como a maioria acredita. Independentemente de quem seja a vítima e de quem seja o(a) agressor(a), a questão é construir mecanismos para impedir que ela continue. Um desses mecanismos seria a denúncia por parte da vítima que na grande maioria das vezes não denuncia, ou de outra pessoa que presencie a violência, que geralmente se omite a fazê-la. A denúncia é de suma importância, e deve ser feita no primeiro sinal de violência. Ela serve não só como subsídio que dê elementos à devida punição do autor, mas também como proteção à vítima e como medida preventiva que pode evitar novas agressões.

Ler mais

Polícia prende dez criminosos que aplicavam o golpe dos nudes no interior do Rio Grande do Sul

A Polícia Civil deflagrou, nesta quinta-feira (04), a Operação Sextorsão para combater uma organização criminosa que aplicava o chamado golpe dos nudes no Norte do Rio Grande do Sul. Foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão, além de 20 ordens judiciais de quebras de sigilo bancário. Dez pessoas foram presas.

Ler mais

Moro e Podemos abrem diálogo com União Brasil para aglutinar a 3.ª via em torno do ex-juiz

O ex-juiz Sergio Moro será candidato nas eleições de 2022 pelo Podemos e todos os sinais emitidos nos últimos dias confirmam isso. O partido divulgou convite para o ato de filiação de Moro, que acontecerá na próxima quarta-feira (10), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O ex-juiz também intensificou, com o apoio da presidente do Podemos, Renata Abreu, o diálogo com possíveis aliados. Entre eles, o União Brasil, o partido que surge da fusão entre o PSL e o DEM.

Ler mais

CRÔNICAS CURTAS – Se ausente a ilicitude, não há crime – Leviandades não faltaram – Genocídio? – Jerônimo cria instituto – Tempos nebulosos – Moro vem aí – Combustíveis sofrem aumento, de novo

Se ausente a ilicitude, não há crime

Por seis meses humilhando, ameaçando, coagindo e constrangendo testemunhas, a Comissão Parlamentar de Inquérito, finalmente, encerrou a CPI da Covid. Não provaram nada dos crimes que, no entendimento deles, Bolsonaro teria cometido no combate à pandemia, inclusive o crime de genocídio. Foi uma farsa danada, findando em pizza. Não aparece, entre os nove diferentes delitos imputados ao presidente, nenhuma denúncia de corrupção. Tinha de aparecer, há seis meses o grupo que manda na CPI, a esquerda em geral e a mídia em particular prometem, sem descanso, que a qualquer momento iriam estourar casos de ladroagem capazes de mandar Bolsonaro direto para a cadeia. Mas não apareceu nada. Pura fake news, protagonizada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes que determinou ao Senado a abertura da CPI, sob a alegação de salvar a democracia no Brasil. Era tudo falso, perseguição barata, raivosa e revanchista. E veja bem: se nem a CPI, que é a mais desesperada ação contra Bolsonaro desde a sua entrada no Palácio do Planalto, não encontra roubalheira, qual a seriedade que se pode ter com o resto das acusações? Muito pouca, com tendência a nenhuma.

Ler mais

Page 1 of 247

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén