13 de novembro de 201420
Controladores foram instalados na RS-122, entre Caxias e Farroupilha – Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS (Arquivo)

Controladores foram instalados na RS-122, entre Caxias e Farroupilha – Foto: Jonas Ramos / Agencia RBS (Arquivo)

A partir da 0h da próxima segunda-feira (17), 34 dos 45 pardais instalados nasrodovias estaduais do Rio Grande do Sul vão começar a multar os motoristas que passarem acima de 80km/h. Entrarão em funcionamento também 14 câmeras que estão instaladas em parte desses controladores de velocidade.

Os pardais começaram a ser instalados em 15 de agosto. A instalação foi concluída em outubro. Os 34 que entrarão em funcionamento são os que foram colocados pela empresa Perkons. Já os 11 pardais e seis câmeras instalados pela empresa Fiscal vão precisar de mais tempo para começarem a registrar multas. A previsão é até o fim de dezembro. Ela está obtendo junto ao Inmetro os certificados de verificação dos controladores.

O Rio Grande do Sul está há quatro anos sem controladores de velocidade nas rodovias estaduais. Em novembro de 2010, os pardais foram desligados devido ao fim de contrato emergencial assinado entre o governo e a Kopp Tecnologia, empresa que é investigada pela Polícia Federal por fraude em licitações em Florianópolis.

Confira onde estão instalados os primeiros pardais que passarão a multar:

RS-239, entre Novo Hamburgo e Rolante. Trecho: KM 13,23 a km 64,51 – Extensão: 51,28 = 8 pardais e 2 câmeras

RS-240, entre Vila Scharlau e Montenegro. Trecho: km 0 a km 33,58 – Extensão: 33,58 km = 4 pardais e 2 câmeras

RS-030, entre Osório e Tramandaí. Trecho: km 82,61 a km 98,69 – Extensão: 16 km = 2 pardais e 2 câmeras

RS-040, entre Viamão e Pinhal. Trecho: km 11,24 a km 94,85 – Extensão: 83,61 km = 2 pardais e 1 câmera

RS-389, entre Osório e Torres. Trecho: km 0 a 90,30 – Extensão: 90,30 = 5 pardais e 3 câmeras

RS-122, entre Rincão do Cascalho e Caxias do Sul. Trecho: km 0 a km 69,08 – Extensão: 69,08 = 8 pardais e 2 câmeras

RSC-453, entre Venâncio Aires e Tainhas. Trecho: km 0 a km 240,26 – Extensão: km 240,26 = 5 pardais e 2 câmeras

Veja onde estão os outros 11 equipamentos que vão funcionar até o fim do ano:

RSC-470, entre Nova Prata a Bento Gonçalves. Trecho km 152,87 a 223,07 – Extensão – 70,20 km = 1 pardal e 1 câmera

RS-324, entre Passo Fundo e Nova Prata. Trecho: km 188,12 a km 292,13 – Extensão: 104,01 = 2 pardais e 1 câmera de monitoramento

RS-135, entre Passo Fundo e Erechim. Trecho: km 7,78 a km 78,33 – Extensão: 70,55 km = 1 pardal

RSC-153, entre Passo Fundo e Tio Hugo. Trecho: km 129,93 a km 168,64 – Extensão: 38,71 = 2 pardais

RS-342, entre Ijuí e Cruz Alta. Trecho: km 106,37 a km 154,16 – Extensão: 47,79 = 1 pardal

RSC-287, entre Montenegro e Santa Maria. Trecho: km 0 a km 232,54 – Extensão: 232,54 = 4 pardais e 4 câmeras

Clicrbs