Ações executadas pela Secretaria dos Transportes e Daer têm investimento de R$ 24,4 milhões

Serviços são realizados nos 67,62 quilômetros entre os municípios de Ijuí e Santo Augusto - Foto: Divulgação/Daer
Texto: Assessoria de Comunicação Social – Daer

A partir do primeiro semestre de 2018, os usuários da ERS-155, no Noroeste do Rio Grande do Sul, devem trafegar numa pista em condições renovadas. As obras de recuperação da rodovia integram o Programa Restauro, executado pelo Governo do Estado através da Secretaria dos Transportes e do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). Os trabalhos já estão com 30 por cento do cronograma concluído.

“É uma das prioridades do Acordo de Resultados de 2017, que firmamos juntamente com o Daer e o governador Sartori. Essa região que foi abandonada por muitos anos, hoje ganha cara nova, garantido melhorias na trafegabilidade e segurança para os motoristas”, afirma o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen. “O avanço das obras na ERS-155 ilustra a conquista da comunidade regional, que contribui fortemente para o desenvolvimento e a economia do nosso Estado.”

Os trabalhos no segmento de 67,62 quilômetros iniciaram no final de junho e vão do entroncamento da BRS-285, em Ijuí, até o acesso ao município de Santo Augusto. “Já executamos a substituição do asfalto defeituoso em 22 quilômetros da rodovia, além de revitalizarmos a sinalização em 12 quilômetros”, informa o diretor geral do Daer, Rogério Uberti. “As equipes estão atuando entre os quilômetros 14 e 50 da ERS-155. Por isso, é importante que os motoristas trafeguem com atenção nesse trecho”, avisa.

As obras integram o lote 7 do Programa Restauro. Além da remoção do pavimento antigo para a aplicação de novas camadas asfálticas, os serviços incluem a limpeza dos dispositivos de drenagem, pintura de pontes e roçada da vegetação às margens da estrada. O investimento é de, aproximadamente, R$ 24,4 milhões, financiados junto ao Banco Mundial (Bird).

Programa Restauro

A foto mostra máquinas dirigidas por operários em uma obra de recuperação asfáltica, num trecho de rodovia em reta

O Programa Restauro prevê a recuperação completa de 700 quilômetros de estradas pavimentadas em diversas regiões do Rio Grande do Sul. Financiado pelo Banco Mundial (Bird) e executado pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), teve início em 2013 e inclui os serviços de renovação do asfalto, dos dispositivos de drenagem e da sinalização de trechos rodoviários.

A qualidade dos trabalhos e dos resultados obtidos é avaliada de acordo com indicadores de desempenho estabelecidos no contrato firmado com as empresas vencedoras da licitação.

Acordo de Resultados

O conjunto de obras do Programa Restauro integra o Acordo de Resultados 2017, assinado por todas as secretarias e vinculadas e que consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Os compromissos firmados envolvem o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão.

Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com intuito de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.