Agronomia não vai embora

É o que garante o prefeito Naldo Wiegert, com relação a área de terra prometida ao Instituto Federal Farroupilha destinada às aulas práticas do curso de Agronomia. Conforme consta na matéria inserida nesta edição, o prefeito Naldo Wiegert discorre em minúcias todo o trâmite que envolve a questão do termo de compromisso assinado pelos Poderes Executivo e Legislativo no que se refere a aquisição de dita área de terra para o curso de Agronomia e as dificuldades que está tendo para tal, desde a falta de interessados em comprar os terrenos urbanos que a prefeitura pôs à venda visando a compra da área rural. Relata que propôs alternativas à direção do Instituto e que, pelo menos em princípio, não foram aceitas. Em resumo, a única fonte de recurso é a venda dos terrenos. Mas, mesmo não vendendo os terrenos, o prefeito garante que o curso de Agronomia não vai embora, “não vamos deixar o curso ir embora, não”, disse.

Parceria pública/privada

Diante das dificuldades da Prefeitura de Santo Augusto em adquirir a prometida área de terra, único requisito que ainda falta ser preenchido para a consolidação em definitivo do curso de Agronomia no IFFar, o prefeito Naldo não descarta a busca do envolvimento de prefeituras da circunvizinhança para uma possível parceria e em conjunto adquirirem a área. Outra possibilidade não descartada pelo prefeito Naldo, é conversar com empresários locais e da microrregião, do ramo do agronegócio, no sentido de que as empresas banquem a aquisição da área necessária ao curso de Agronomia e façam a doação à União através do Instituto Federal Farroupilha. Aliás, essa seria uma solução interessante, uma vez que há uma direta ligação entre o curso de Agronomia às empresas destinatárias dos futuros agrônomos.