Prazo das convenções se encerrou na sexta-feira (5)

Por Fábio Schaffner – GZH

O fim do prazo das convenções partidárias, nesta sexta-feira (5), praticamente definiu o quadro da disputa ao Palácio Piratini. No total, são 10 postulantes ao cargo máximo do Rio Grande do Sul. O registro de candidaturas ainda pode ser feito até 15 de agosto, mas são escassas as chances de mudança na corrida eleitoral.

Diferentemente do ocorrido em outros anos, quando os partidos escolheram seus candidatos com bastante antecedência, desta vez ao negociações se arrastaram em meio a tensões internas e externas. Na reta final, o MDB e o PSOL renunciaram à candidatura própria e o PSB trocou de candidato.

A campanha eleitoral começa em 16 de agosto e, 10 dias depois, tem início a propaganda de rádio e TV. O primeiro turno da eleição está marcado para 2 de outubro. Caso ninguém obtenha metade mais um dos votos válidos, o segundo turno será disputado em 30 de outubro.

Confira a seguir quem são os candidatos ao governo do RS

Instagram PCB/RS / Reprodução
Carlos Messalla (PCB) 

Aos 46 anos, Carlos Messalla é natural de Gravataí. Servidor dos Correios, concorreu a vereador em Porto Alegre em 2020, mas não se elegeu. Ex-dirigente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios no Estado, disputa sua primeira eleição majoritária. Ele terá como vice Edson Canabarro.

Rafael Stedile / Gab. Dep. Edegar Pretto / Divulgação
Edegar Pretto (PT) 

Nascido em Miraguaí, Edegar Pretto tem 50 anos. Formado em Gestão Pública, é filho de Adão Pretto, deputado federal falecido em 2009. Deputado estadual em terceiro mandato, Pretto foi o mais votado do PT nas três eleições que disputou. O petista terá como vice Pedro Ruas (PSOL).

Bruno Todeschini / Agencia RBS
Eduardo Leite (PSDB) 

Natural de Pelotas, Eduardo Leite tem 37 anos. Formado em Direito, foi vereador e prefeito do município. Segundo político mais jovem a governar o Estado, renunciou para tentar concorrer à Presidência da República, mas agora disputa a reeleição. Leite terá como vice Gabriel Souza (MDB).

Isac Nóbrega / Presidênca da República / Divulgação
Luis Carlos Heinze (PP) 

Nascido em Candelária, Luis Carlos Heinze tem 71 anos. Engenheiro agrônomo, foi prefeito de São Borja e cinco vezes deputado federal. Era candidato a governador em 2018, mas cedeu ao apelo do partido e concorreu ao Senado, conquistando uma das duas vagas. Heinze terá como vice Tanise Sabino (PTB).

André Ávila / Agencia RBS
Onyx Lorenzoni (PL) 

Aos 67 anos, Onyx Lorenzoni é natural de Porto Alegre. Médico veterinário, foi duas vezes deputado estadual e está no quinto mandato de deputado federal. No atual governo, foi ministro da Casa Civil, do Trabalho, da Cidadania e da Secretaria-Geral. Onyx terá como vice Claudinha Jardim (PL).

Divulgação / PSTU
Rejane de Oliveira (PSTU) 

Nascida em Porto Alegre, Rejane de Oliveira tem 61 anos. Professora aposentada da rede estadual de ensino, foi presidente do Cpers-Sindicato por duas gestões. Única mulher entre os candidatos ao governo do Estado, disputa sua primeira eleição. Rejane terá como vice Vera Rosane (PSTU).

Ivo Gonçalves / Partido Novo / Divulgação
Ricardo Jobim (Novo) 

Com 46 anos, Ricardo Jobim é natural de Santa Maria. Advogado e empresário no ramo da comunicação, também é professor universitário nas áreas de negociação, direito médico e sucessório. Ex-presidente da OAB Santa Maria, disputa sua primeira eleição. Jobim terá como vice Rafael Dresch (Novo).

CIC-BG / Divulgação
Roberto Argenta (PSC) 

Natural de Gramado, Roberto Argente tem 69 anos. Empresário do setor calçadista, já foi vereador e prefeito de Igrejinha, deputado federal e presidente da Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs). Argenta terá como vice Nivea Rosa (Solidariedade)

VALDIR FRIOLIN
Vicente Bogo (PSB) 

Com 65 anos, Vicente Bogo é nascido em Rio do Oeste, em Santa Catarina. Professor universitário, foi vice-prefeito de Santa Rosa, deputado federal e vice-governador. Presidiu entidades cooperativistas e atuou no Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul. Bogo terá como vice Josi Paz (PSB).

Bruno Todeschini / Agencia RBS
Vieira da Cunha (PDT) 

Natural de Cachoeira do Sul, Vieira da Cunha tem 62 anos. Procurador do Ministério Público, foi vereador em Porto Alegre, três vezes deputado estadual e duas vezes deputado federal. Concorreu a governador em 2014, ficando em quarto lugar. Vieira terá Regina Santos (PDT) como vice.