Segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira, peemedebista tem 60% dos votos válidos, e petista fica com 40%

16/10/2014 | 03h01
Datafolha: Sartori fica com 52% e Tarso, 35% Roni Rigon e Ricardo Duarte/AgênciaRBS

Ex-prefeito de Caxias do Sul (E) mantém liderança sobre o candidato à reeleição pelo PTFoto: Roni Rigon e Ricardo Duarte / AgênciaRBS

Na primeira sondagem do Datafolha para o segundo turno no Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB) mantém a liderança conquistada nas urnas no dia 5. O peemedebista aparece à frente com 52% dos votos totais em pesquisa estimulada. O atual governador e candidato à reeleição Tarso Genro (PT) tem 35%.



Leia todas as notícias sobre as Eleições 2014



Leia todas as últimas notícias de Zero Hora




Em votos válidos (são excluídos brancos, nulos e indecisos), o ex-prefeito de Caxias alcança 60% e o petista, 40%. O cálculo é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Na apuração do primeiro turno, Sartori obteve 40,40% dos válidos e Tarso, 32,57%. A terceira colocada, Ana Amélia Lemos (PP), havia alcançado 21,79%.

Ex-prefeito de Caxias lidera em todas as faixas

O candidato do PMDB lidera em todos os segmentos do eleitorado, obtendo vantagem maior entre aqueles com renda familiar mensal superior a 10 salários mínimos (67%, ante 29% do petista) e na faixa com Ensino Superior (60% a 33%). A dianteira do

peemedebista é menor entre entrevistados com idade de 35 a 44 anos (48% a 40%) e na fatia com renda familiar de até dois salários mínimos (45% a 38%).



A avaliação de aceitação e rejeição das duas candidaturas mostra que 41% dos eleitores não votariam de jeito nenhum no candidato do PT e 32% votariam com certeza. Uma fatia de 22% talvez votasse em Tarso, e 4% não opinaram. Sartori encontra menos resistência: apenas 20% não votariam de jeito nenhum no peemedebista e 50% votariam com certeza. Há ainda 25% que talvez votassem no ex-prefeito de Caxias, e 5% não opinaram.