Ao tomar posse como presidente da Assembleia Legislativa, ontem, Gabriel Souza (MDB) prometeu ampliar a participação digital da população na rotina do Legislativo. O deputado pretende instituir a consulta popular no site da Assembleia, como já existe no Congresso.

– Precisamos encurtar caminhos entre representantes e representados, entre o povo e a Casa do Povo – disse Souza.

Ex-líder do governo José Ivo Sartori, o deputado está no segundo mandato. Sua indicação para a presidência é parte de um acordo feito entre os partidos com maior representação na Casa e foi chancelada por quase todos os colegas – apenas Luciana Genro (PSOL) votou contra.

Nos 33 minutos de discurso, o novo presidente da Assembleia também analisou a crise de representatividade da classe política, que, em sua visão, “abre espaço para os detratores da democracia defenderem regimes autocráticos” e criticou a desconexão do Legislativo e das demais estruturas de Estado com a sociedade.

– O povo quer e precisa ser representado. Mas quer que seja de verdade, no seu tempo, com a sua velocidade, com as suas dores, com o seu olhar. Não no tempo das instituições encasteladas, dos políticos isolados, das redomas corporativas, das ideologias cegas ou das burocracias mofadas – discursou Gabriel.

Colaborou Gabriel Jacobsen

ROSANE OLIVEIRA GZH