Um casal foi preso em Capão da Canoa após levar um bebê intoxicado por cocaína para atendimento no Hospital Santa Luzia, em Capão da Canoa. O menino tem apenas 11 meses de vida.  A mãe e o padrasto relataram que a criança estava estranha e que encontraram um pacote plástico com a droga em sua boca.

A equipe do hospital acionou a Brigada Militar (BM) na madrugada deste sábado (1º). Ao chegarem à instituição, por volta das 4h45, os policiais militares confirmaram o fato, que teria acontecido na casa da mãe do bebê.

Os PMs deram voz de prisão à mulher e ao companheiro. Ela tem 35 anos e não possui antecedentes policiais. Já o homem, de 36 anos, tem registros por delitos como lesão corporal, desacato e resistência.

A BM informou que o bebê foi medicado e ficou em observação. O casal foi apresentando no plantão de Delegacia de Polícia de Capão da Canoa e autuado em flagrante por tentativa de homicídio pelo delegado Juliano Aguiar de Carvalho, que estava de plantão.

O Conselho Tutelar do município informou ao Litoral na Rede que “nosso trabalho é sigiloso e não podemos expor o bebê e sua família, medidas cabíveis estão sendo tomadas”.

Em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), os nomes da criança e de seus familiares não podem ser divulgados para preservar identidade da vítima.

Fonte: Litoral na Rede