Investigações apontam que detentos ligados a uma organização criminosa comandariam o tráfico de dentro dos presídios

A Polícia Civil desencadeou na manhã desta quinta-feira (13), a Operação Cabresto na Região Celeiro e em outras regiões, com foco na repressão ao tráfico de drogas.

Durante aproximadamente cinco meses de investigação, a polícia apurou que detentos ligados a uma organização criminosa comandariam o tráfico de drogas do interior de presídios.

Na operação, que contou com o apoio da Brigada Militar e da Susepe, foram cumpridas 40 ordens judiciais entre mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Três Passos, Campo Novo, Bom Progresso, Sede Nova, Montenegro e Santa Maria, além de cumprimento de mandado de prisão no presídio de Sobradinho.

A ação foi desenvolvida por cerca de 150 agentes das três corporações. Foram presos, na Região Celeiro, pelo menos seis pessoas e mais oito no Estado. Uma quantidade não divulgada de maconha, cocaína e crack, além de munição calibre 38 e 9mm, e uma motocicleta foram apreendidas.

Drogas, celulares e demais objetos apreendidos durante a operação na Região Celeiro