Por Alaides Garcia dos Santos

Bairro São Francisco

 

Presidente: Arlindo Grubert

Há quatro anos na presidência da Associação de Amigos do Bairro São Francisco, e recentemente eleito para um terceiro mandato, Arlindo Grubert conversou com a reportagem do jornal O Celeiro fazendo um relato sobre o bairro.

Em linhas gerais, o bairro está bem organizado, porém existem alguns problemas a serem sanados, disse Arlindo, citando o caso do “canalão” na Rua Brasília que capta a água da chuva vinda das partes altas da cidade, formando forte correnteza, desaguando no arroio Chiquinho. A estrutura do canalão, em certos pontos oferece perigo, portanto carecendo de reforma. Os passeios públicos deixam bastante a desejar, pois eles inexistem em grande parte do bairro, mas, apesar disso, não há nenhuma rua sem calçamento. No mais, sobre o saneamento básico (abastecimento de água, rede de energia elétrica e coleta regular de lixo), o bairro está contemplado satisfatoriamente.

Saúde pública –No bairro não existe posto de saúde, no entanto, na quarta semana de cada mês, profissionais do posto central de saúde prestam atendimento junto à sede do bairro. Há, também, uma agente comunitária de saúde que diariamente visita as famílias, prestando o devido atendimento.

Escola –Quanto à escola pública, o bairro está bem servido, uma vez que nele está situada a Escola Estadual Francisco Andrighetto, conhecida também como Grupo Escolar da Sede, proporcionando o ensino fundamental às crianças, além de oferecer Ensino de Jovens e Adultos (EJA). E no bairro Floresta, que fica vizinho ao nosso, está o Ginásio (Escola Estadual de Ensino Médio Santo Augusto), e logo adiante o Instituto Federal Farroupilha, portanto de fácil acesso, também, para os estudantes de nível médio e superior aos estudantes de nosso bairro, enfatiza o presidente.

Igreja –No bairro não existe igreja, de nenhum credo religioso. Uma vez por mês o padre da paróquia católica São João Batista reza missa no salão comunitário, sede do bairro.

Lazer –O único local de lazer é a sede do bairro, onde são proporcionados alguns entretenimentos, inclusive um grupo de mulheres criou e mantém o Clube do Bolãozinho, com 24 integrantes, cuja prática desse esporte acontece na sede do bairro, e participam do campeonato municipal da modalidade. Tem uma praça pública, mas está entregue ao abandono.

Situados no bairro São Francisco estão a SOBASA (Sociedade Balneária de Santo Augusto) e o Esporte Clube Internacional que, embora tenham o caráter de lazer e recreação, são entidades privadas, exclusivas de associados.

Meio ambiente –É uma característica dos moradores a preocupação em preservar o meio ambiente, tanto é que há alguns meses, repetindo o que já fizeram por inúmeras vezes, a diretoria e dezenas de pessoas do bairro fizeram uma limpeza geral no arroio Chiquinho, recolhendo seis cargas de caminhão caçamba de entulhos e lixo (objetos das mais diversas espécies) trazidos das partes altas da cidade pela enxurrada que, via canalão, se acumulou nas margens e no leito do riacho.

Melhorias esperadas –Nos falta atenção e apoio do Poder Público para auxiliar nas melhorias necessárias, inclusive com relação à sede do nosso bairro que carece de pintura e algumas reformas, reclama o presidente Arlindo. A praça pública “Leopoldo Antonow” também precisa de melhorias, não há manutenção alguma naquele local, completamente abandonada. 

Sede do bairro passando por reformas (banheiros, janelas e outras adequações)

Sede do bairro – O prédio sede do bairro, com cerca de 400 metros quadrados de área construída, e o respectivo terreno, foi uma doação feita pelo município de Santo Augusto há cerca de dez anos, na administração do então prefeito Florisbaldo Polo. Porém, o aparelhamento necessário para o salão de eventos, no tocante a mesas, cadeiras, outros móveis, bem como cozinha e seus utensílios, churrasqueira e outros, foram e são conseguidos com recursos próprios obtidos através de promoções, como almoços, jantas, torneio de bolãozinho, bingos, e também por meio de campanhas de doações junto às empresas e pessoas físicas. O mesmo ocorre com relação à manutenção e reformas do prédio. Neste momento estão sendo feitas algumas reformas e adequações na sede como banheiros, janelas, pintura e outras melhorias.

Organização – A Associaçãoconta com uma diretoria que atua de forma dinâmica e organizada, com total transparência nos atos pertinentes a administração da entidade, o que lhe rende o apoio, respeito e colaboração irrestrita dos moradores que correspondem, também, de forma dinâmica e organizada. Ainda, na parte organizacional, o bairro São Francisco está inserido no “calendário oficial de eventos do município”.

 

Segurança –O presidente faz duas referências importantes com relação à segurança no bairro. Primeiro que a comunidade é ordeira, de tal sorte que nas promoções realizadas nunca houve a necessidade de colocar seguranças; segundo, sempre que precisaram, receberam a devida atenção dos órgãos de segurança pública do município.

Praça (desorganizada e brinquedos deteriorados)

Praça Leopoldo Antonow – A reportagem contatou com diversos moradores do bairro São Francisco, tendo ouvido de todos eles o mesmo termo usado pelo presidente com relação à praça pública: abandono. Alguns definem isso como descaso. Não tem manutenção, os equipamentos de brinquedos estão completamente danificados e deteriorados, a quadra de areia já não tem mais areia, transformando-se num lodaçal em dias de chuva. E mais, “a praça está entregue a indivíduos estranhos, vindos de outros lugares para consumir drogas naquele espaço público”, dizem temerosos os moradores contatados.

No ano passado a vereadora Tânia Depiere utilizando a praça para aulas práticas de jardinagem deu uma arrumada e organizou um pouco. Com relação aos brinquedos e a quadra de esportes, em meados de 2013, ela protocolou na Câmara Municipal pedido de providências ao prefeito no sentido de consertar os brinquedos e repor a areia na quadra, além de colocação de lixeiras. No entanto, esses pedidos nunca foram atendidos.

 Quadra de areia anexa à praça Leopoldo Antonow