15/05/2014 | 10h06

Protesto na Ipiranga dá início a atos contra a Copa em Porto Alegre Eduardo Rosa/Agencia RBS

Trânsito foi interrompido na Ipiranga nesta manhãFoto: Eduardo Rosa / Agencia RBS

As manifestações contra a Copa do Mundo em Porto Alegre, que devem marcar este 15 de maio, começaram cedo — antes das 8h, integrantes do coletivo Juntos e alunos do Colégio Protásio Alves bloquearam o trânsito em frente à instituição, na Avenida Ipiranga. Ao longo da quinta-feira, atos estão previstos para ocorrer em diferentes pontos da cidade.

Leia mais:

Protestos interditam vias públicas de São Paulo

Lucas Maróstica, do Juntos, diz que o objetivo dos protestos é mostrar a contrariedade em relação aos gastos com a realização do Mundial no Brasil. O movimento repudia, também, "a criminalização dos ativistas e movimentos sociais" e "as leis antiprotestos", de acordo com texto assinado pelo coletivo.

No fim da tarde, haverá concentrações em diferentes locais da Capital: Faculdade de Educação da UFRGS (estudantes), Esquina Democrática (centrais sindicais) e prefeitura (Bloco de Luta pelo Transporte Público e Levante Popular da Juventude).

— Vamos protestar contra o uso do dinheiro público na Copa, que deveria estar financiando saúde, transporte e educação — afirma Rejane de Oliveira, presidente do Cpers/Sindicato, uma das organizações que integram o Espaço Unidade de Ação e que estará em frente ao Palácio Piratini a partir das 17h.

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) monitora os pontos onde podem ocorrer interrupções. Desvios de fluxo ocorrerão dependendo do impacto no trânsito.

Manifestações ocorrem em diferentes cidades brasileiras nesta quinta-feira, batizada de 15M, o Dia Internacional de Lutas contra a Copa.

Clicrbs