Foram retomados e acelerados os entendimentos entre o PP e o PSB do Rio Grande do Sul, visando o fechamento de uma chapa majoritária comum que teria a seguinte configuração: Presidente – Eduardo Campos, PSB; Governador – Ana Amélia Lemos, PP; Vice-Governador – José Stédile, PSB. A vaga de senador está sendo negociada com um terceiro partido. Franjas enormes do PSB gostariam de uma aliança com José Ivo Sartori, do PMDB, mas o partido, dividido, não consegue resolver o imbroglio da sucessão presidencial, o que resultará em racha inevitável no Rio Grande do Sul, vença quem vencer na disputa interna pela candidatura ao Palácio Piratini.

VideVersus