O vice da coligação será José Paulo Cairoli (PSD), ex-presidente da Federasul

PMDB lança candidatura de José Ivo Sartori ao governo do Estado Joana Colussi/Agência RBS

Senador Pedro Simon foi homenageado no eventoFoto: Joana Colussi / Agência RBS

Em convenção estadual, o PMDB lançou na manhã deste domingo a candidatura de José Ivo Sartori, ex-prefeito de Caxias do Sul, ao Palácio Piratini. A coligação tem como candidato a vice governador José Paulo Cairoli (PSD), ex-presidente da Federasul, e a senador Beto Albuquerque (PSB). A coligação, formada ainda pelos partidos PPS, PTdoB, PSDC, PHS e PSL, tem mais de 300 candidatos estaduais e federais.



Leia todas as últimas notícias de Zero Hora

Militantes partidários lotaram o Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, com bandeiras e bigodes postiços _ que promete ser o simbolo da campanha de Sartori. A campanha será coordenada pelo ex-deputado federal Ibsen Pinheiro.

No começo dos discursos foi feita uma homenagem em vídeo ao senador Pedro Simon, que se despede do Senado neste ano. Ele se emocionou ao receber uma bandeira do Brasil, do Rio Grande do Sul e do PMDB.

– Regresso para casa, mas não para tomar cafézinho. Onde quer que eu esteja estarei a teu serviço, Sartori. – disse Simon, ao destacar que a biografia de Sartori é mais preparada do que qualquer outro governador que o Estado já teve.

Antes do discurso, Sartori também foi homenageado em vídeo onde foi chamado de "gringo, filho de agricultora e borracheiro".

_ Não vou ser daqueles que irá olhar para trás. Para frente é se que se anda. Chega de achar culpados, não se faz política com ódio _ disse Sartori.

O ato político foi encerrado com a participação do deputado federal Mendes Ribeiro Filho, que chegou ao evento em uma cadeira de rodas. A expectativa da presença do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), candidato à Presidência da República, não foi confirmada.

Diário Gaúcho