Jairo Jorge, 8%; Julio Flores, 3%; Mateus Bandeira, 2% e Roberto Robaina 2%. Um candidato não atingiu 1%. Levantamento foi feito entre os dias 03 e 05 de setembro.

Por G1 RS

 

Pesquisa do Ibope divulgada nesta quinta-feira (06) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para governador:

  • José Ivo Sartori (MDB): 25%
  • Eduardo Leite (PSDB): 18%
  • Miguel Rossetto (PT): 14%
  • Jairo Jorge (PDT): 8%
  • Julio Flores (PSTU): 3%
  • Mateus Bandeira (NOVO): 2%
  • Roberto Robaina (PSOL): 2%
  • Paulo de Oliveira Medeiros (PCO): 0%
  • Brancos/nulos: 14%
  • Não sabe: 14%

A pesquisa foi encomentada pelo Grupo RBS – RBS Participações S/A. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 14 a 18 de agosto, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes: José Ivo Sartori (MDB): 19%; Eduardo Leite (PSDB): 8%; Miguel Rossetto (PT): 8%; Jairo Jorge (PDT): 6%; Julio Flores (PSTU): 4%; Mateus Bandeira (NOVO): 2%; Roberto Robaina (PSOL): 2%; Brancos/nulos: 28%; Não sabe: 22%. O candidato Paulo de Oliveira (PCO) não constava neste levantamento pois, no momento do registro da pesquisa, não havia informações suficientes sobre a oficialização de sua candidatura.

Sobre a pesquisa divulgada nesta quinta, 6

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 1.008 eleitores em 65 municípios, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: 03 a 05 de setembro
  • Registro no TRE: RS-04704/2018
  • Registro TSE: BR-06240/2018
  • O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço que o candidato não foi citado por nenhum dos entrevistado

Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte no levantamento foi feito entre os dias 03 e 05 de setembro:

  • José Ivo Sartori (MDB): 14%
  • Eduardo Leite (PSDB): 6%
  • Miguel Rossetto (PT): 4%
  • Jairo Jorge (PDT): 3%
  • Mateus Bandeira (NOVO): 1%
  • Julio Flores (PSTU): 0%
  • Paulo de Oliveira Medeiros (PCO): 0%
  • Roberto Robaina (PSOL): 0%
  • Outros: 2%
  • Branco ou nulo: 14%
  • Não sabe: 55%

Simulações de 2º turno

  • Eduardo Leite 35% x 32% José Ivo Sartori (branco/nulo: 23%, Não sabe/não respondeu: 11%)
  • José Ivo Sartori 33% x 31% Miguel Rossetto (branco/nulo: 24%, Não sabe/não respondeu: 12%)
  • Jairo Jorge 28% x 35% José Ivo Sartori (branco/nulo: 25%, Não sabe/não respondeu: 12%)
  • José Ivo Sartori 36% x 24% Julio Flores (branco/nulo: 27%, Não sabe/não respondeu: 13%)
  • Eduardo Leite 33% x 23% Miguel Rossetto (branco/nulo: 25%, Não sabe/não respondeu: 18%)
  • Eduardo Leite 34% x 21% Jairo Jorge (branco/nulo: 26%, Não sabe/não respondeu: 18%)
  • Eduardo Leite 37% x 16% Julio Flores (branco/nulo: 28%, Não sabe/não respondeu: 20%)
  • Jairo Jorge 24% x 26% Miguel Rossetto (branco/nulo: 29%, Não sabe/não respondeu: 20%)
  • Julio Flores 15% x 30% Miguel Rossetto (branco/nulo: 32%, Não sabe/não respondeu: 22%)
  • Jairo Jorge 27% x 18% Julio Flores (branco/nulo: 32%, Não sabe/não respondeu: 22%)

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices no levantamento foi feito entre os dias 03 e 05 de setembro:

  • José Ivo Sartori (MDB): 39%
  • Miguel Rossetto (PT): 13%
  • Roberto Robaina (PSOL): 13%
  • Julio Flores (PSTU): 10%
  • Mateus Bandeira (NOVO): 9%
  • Eduardo Leite (PSDB): 8%
  • Paulo de Oliveira Medeiros (PCO): 8%
  • Jairo Jorge (PDT): 7%
  • Poderia votar em todos: 11%
  • Não sabe: 23%

Avaliação do governo

A pesquisa mostra que o governo de José Ivo Sartori tem a aprovação de 33% dos eleitores entrevistados – no levantamento anterior, divulgado em agosto, o índice era de 24%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”.

Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” são 45%, segundo o Ibope. Em agosto esses percentuais eram de 53%.