O novo levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, divulgado nesta quarta-feira, mostra que o poste petista Fernando Haddad, o escolhido do presidiário e bandido corrupto Lula, subiu subiu 11,9% desde a consulta anterior. Jair Bolsonaro, candidato presidencial do PSL, também cresceu sua intenção de votos em 4,6%. Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) tiveram queda em relação à última pesquisa. Confira a intenção de votos para cada candidato:
Jair Bolsonaro (PSL) – 31,2%
Fernando Haddad (PT) – 20,2%
Ciro Gomes (PDT) – 10,1%
Geraldo Alckmin (PSDB) – 7,6%
Marina Silva (Rede) – 4,3%
João Amoêdo (Novo) – 3,8%
Álvaro Dias (Podemos) – 1,9%
Henrique Meirelles (MDB) – 1,3%
Guilherme Boulos (PSOL) – 0,4%
Cabo Daciolo (Patriota) – 0,3%
Vera Lúcia (PSTU) – 0,3%
Eymael (DC) – 0,1%
João Goulart Filho (PPL) – 0,1%
Não sabem ou não opinaram – 6,3%
Brancos e Nulos – 11,9%
 
A pesquisa mostra claramente que o eleitorado brasileiro já excluiu do páreo as candidaturas do neocoronel cearense Ciro Gomes, do tucano paulista Geraldo Alckmin (o caso mais exuberante de desidratação de uma candidatura presidencial, da comuno-ambientaleira Marina Silva, do inexpressivo Alvaro Dias e do ainda menos expressivo Henrique Meirelles. Na reta final da campanha, estas candidaturas devem se esvaziar ainda mais, com seus votos convergindo para os dois principais disputantes, Jair Bolsonaro e o poste petista Fernando Haddad.
Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.020 eleitores, sendo esta estratificada segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores com 16 anos ou mais em 26 Estados e Distrito Federal e em 168 municípios brasileiros entre os dias 23 e 25 de setembro de 2018, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, 20,0% das entrevistas. Tal amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. De acordo com a Resolução-TSE n.º23.549/2017, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº BR-03512/2018 para o cargo de Presidente.
VideVersus