Observação do leitor

Na edição anterior a coluna enfocou sobre a possibilidade ainda existente da criação do curso de agronomia no Câmpus do IFF/Santo Augusto, segundo informações prestadas pelo deputado Jerônimo Goergen. Alguns leitores observam que, sem que haja a expansão da área territorial permitindo a instalação de mais laboratórios e outros equipamentos imprescindíveis, não há como pensar na criação do curso de agronomia. Esse problema, por mais que pareça difícil, é o mais fácil e rápido de ser sanado, desde que haja vontade política do prefeito de Santo Augusto, e “bom senso” do proprietário da área demandada judicialmente, objeto de desapropriação. Já imaginaram se o processo do curso de agronomia fluir, sua criação for oficializada e acabar esbarrando no impedimento por falta de espaços para instalação de laboratórios? Convenhamos! Será que as partes envolvidas não se dão conta do que representa o IFF nos campos sociocultural e econômico? Quer saber? Este assunto está nas mãos do prefeito, dependendo apenas de vontade e habilidade na negociação.

 

Centro Esportivo – 13 anos

Para comemorar os 13 anos de existência, a escolinha de futebol, denominada “Centro Esportivo Santo Augusto”, coordenado desde o seu nascedouro pelo desportista João Batista dos Santos (Cabo João), estará promovendo nos dias 28, 29 e 30 do presente mês, eventos esportivos e trazendo a Santo Augusto personalidades que marcaram época na dupla grenal, com destaque, também, no âmbito nacional, tratando-se de Jardel (ex-Grêmio), e Fabiano (ex-Internacional). Dia 28, às 19h30min, haverá carreata, seguido de jantar no restaurante Baggio, com a presença do Jardel; dia 29, pela manhã no campo do Internacional, haverá um peneirão, e à noite jantar comemorativo dos 13 anos do CESA, no salão Nossa Senhora Aparecida; sábado (30), almoço na sede do Internacional, e às 17h grenal com a participação de Jardel e Fabiano, cujo ingresso custará R$ 5,00, onde 25% do valor arrecadado será destinado ao Hospital Bom Pastor.

 

O que é o Centro Esportivo?

O Centro Esportivo Santo Augusto (Escolinha do Cabo João) é um projeto que há 13 anos oportuniza crianças e adolescentes, inclusive aos oriundos de famílias de menor poder aquisitivo, ter a perspectiva de um futuro, quem sabe, até de se tornarem profissionais no futebol. Porém, o principal objetivo é que as crianças tenham oportunidade de estarem socializando-se através de teorias e práticas esportivas, eis que estarão fazendo uma descoberta do corpo em movimento, descobrindo o prazer do jogo e das brincadeiras, conhecendo direitos e deveres, de serem educadas pelo esporte. E mesmo que um dia não cheguem a ser profissionais de futebol, serão sabedores de seu papel na sociedade, de homens responsáveis, cumpridores de suas obrigações graças a esse projeto de futebol de campo. Prestigie e colabore.

 

E a palavra empenhada?

O prefeito de Santo Augusto, que havia empenhado a palavra ao afirmar que repassaria ao hospital Bom Pastor o valor total devolvido pela Câmara, referente ao fundo especial do legislativo, já mudou de ideia, pelo menos é o que deixa a entender quando anuncia através de algum membro da bancada governista na Câmara, de que ocupará R$ 250 mil daquele montante para pagamento de uma área adquirida e destinada ao depósito de entulhos. Talvez seja o cobertor curto que assim exija.

 

Aliás…

Segundo levantamento da Confederação Nacional dos Municípios, as perdas do Fundo de Participação dos Municípios de 1995 a 2012 acumulam R$ 276 milhões, cujo valor corrigido atinge R$ 412 milhões. Além das sucessivas quedas no FPM, a situação se agrava mais ainda com as responsabilidades municipais impostas, como o pagamento do piso nacional do magistério, conforme se queixa o presidente Ziulkoski, prevendo que a partir de janeiro do ano que vem, o amento dos professores será de 19,2%, representando impacto de R$ 9,5 bilhões nos já esgotados cofres municipais.