Decisão da categoria foi entregue às 17h no Palácio Piratini

Cerca de 700 brigadianos, representando diversas regiões do RS, decidiram na assembleia geral da categoria  realizada, dia 21 de novembro, às 14h,  na sede da  ASSTBM, rejeitar a proposta que o governo estadual encaminhou às representações dos servidores de nível médio da Brigada Militar(BM) – ABAMF, ASSTBM, AOfSBM, FERPMBM e ABERGS. Os integrantes da Corporação também optaram por pedir a substituição do comandante-geral da BM, coronel Fábio Fernandes, por não ter se unido aos brigadianos na luta por melhorias salariais e na carreira. No momento da entrega da ata da reunião ao Chefe da CasaCivil, Carlos Pestana, houve  concentração de militares estaduais na Praça da Matriz.

A votação foi unânime. Os soldados, sargentos e tenentes, da ativa e da reserva, consideraram a oferta do governo uma esmola. E, classificaram o posicionamento do comandante da BM como lamentável, pois representou o governo nas negociações, quando deveria ter representado a instituição.

Fonte: ABAMF