O ex-presidente e alcaguete Lula (delatava companheiros para o Dops paulista durante a ditadura militar, conforme Romeu Tuma Jr) dedicou-se, em evento com blogueiros nesta sexta-feira, em São Paulo, a defender a realização da Copa do Mundo no Brasil. Ele disse ter "muito orgulho" de ter trazido o mundial de futebol e a Olimpíada para o País. Em discurso semelhante ao adotado pelo ministro Gilberto Carvalho, que tem feito um périplo de defesa da Copa com representantes de movimentos sociais, Lula disse que o orçamento federal para saúde e educação hoje soma R$ 852 bilhões e que a verba para estádios veio da iniciativa privada. Lula tentou animar os presentes com relação à competição: "É uma oportunidade extraordinária de o País se mostrar ao mundo como é", disse o ex-presidente. Lula chamou de "babaquice" a preocupação em dar aos estrangeiros condições de primeiro mundo, como "chegar de metrô dentro do estádio" e reforçou que o importante, em sua avaliação, é mostrar a cultura brasileira.

VideVersus